Somos mulheres. Somos livros dignos de ser lidos.

Somos mulheres. Somos livros na ventania. E que infelicidade têm os que nos julgam pela capa, porque somos mais, somos páginas marcadas pela resistência, pela renúncia, pela força, pelo amor e inteligência.

Somos histórias que choram, que buscam, que sonham. Somos o questionamento de tudo. Somos luz na escuridão, a delicadeza da perfeição, somos vida, somos guarida.

Em nós há enredos rasgados, refeitos, deixados de lado. Há personagens deletados, amados, odiados, e nunca abandonados. Temos fases, capítulos perdidos, anotações esquecidas, páginas viradas.

Somos um caminho de descoberta, um oásis a quem não nos feche, um presente ao leitor que nos entende.

Feliz Dia das Mulheres, garotas!

Compartilhe esse post com todas as mulheres-leitoras que você reconhece como um livro digno de ser lido!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s