Tudo por amor, de Judith McNaught, é a resenha de hoje

Aos leitores que adoram um romance cheio de emoções — e que não veem problemas em uma leitura de 600 páginas (rsrs) — , hoje vou compartilhar a resenha do livro “Tudo por Amor” de Judith McNaught.

É a primeira resenha que posto no blog, mas pretendo compartilhar muitas outras. Por conta da produção de meus livros autorais e também daqueles como ghost-writer, não tenho sido uma leitora nota 10, mas prometo indicar por aqui aqueles que eu ler e adorar. Ah, e se você superapoia essa ideia, deixa seu comentário, vai?! Garanto que ficarei mais animada nessa missão… hehe.

Alguém aqui gosta de fazer uma ótima leitura na companhia de um bom vinho?

Resenha de Tudo por Amor

Julie Mathison é professora em uma pequena cidade texana, dessas em que todos se conhecem e se defendem, mas não deixam, nem por isso, de bisbilhotar a vida um do outro…

Sua infância, detalhada logo no início da obra, mostra-nos a criança insegura e cheia de medos que Julie foi no passado, principalmente por sua adoção ter sido rejeitada várias vezes enquanto vivia em um orfanato. A rotina triste e solitária chegou ao fim quando James, o pastor daquela pacata cidade, decidiu adotá-la e, junto de sua esposa e de seus filhos biológicos, presentear a pequena Julie com uma vida repleta de carinho e cuidados.

“Aquele dia marcou uma reviravolta em sua vida. Os Mathison haviam oferecido sua casa, confiança e amor para ela, não para qualquer outra criança sortuda.”

Ser parte de uma família íntegra e amável, de certa forma, a faz cobrar-se, mesmo depois de adulta, para não desapontar seus pais, entregando-lhes o que realmente esperam dela como filha. E, ao que parece, a professora vem cumprindo muito bem o seu papel, dando-lhes muito orgulho. Além de se dedicar às aulas que leciona para a 3ª série da Escola de Ensino Fundamental Keaton, também atua em prol da alfabetização de muitas mulheres adultas que foram privadas dos estudos durante a infância. Definitivamente, Julie é uma dessas raras pessoas dispostas a defender o bem e a lutar por dias melhores.

Zachary Benedict teve uma vida complicada desde a juventude. Sendo herdeiro de grandes fortunas, foi expulso de casa pela própria avó apenas com a roupa do corpo. “Jogado” no mundo, precisou encontrar sua própria forma de sobrevivência, e foi realizando trabalhos braçais em estúdios de cinema em Los Angeles.

Anos mais tarde, a vida lhe pareceu sorrir. Fora convidado para ser figurante de um filme de baixo orçamento. Gostou da experiência e resolveu se dedicar para aprender técnicas de atuação. Com os esforços, tornou-se ator e, anos depois, um renomado diretor de cinema. Porém, misteriosamente, sua ex-mulher, atriz de um filme em que ele mesmo dirigia, foi baleada durante as gravações no momento em que a cena do tiro não deveria passar de uma simples simulação para o cinema… Parece que a vida lhe dava uma nova rasteira… Ele foi condenado injustamente pelo assassinato e, sua carreira, brutalmente trocada por anos a fio em uma cela.

Cansado daquela situação, desenhou sua própria fuga e, ao colocar o plano em prática, o destino de Julie e de Zack serão interligados. O que eles menos esperam acontecerá em uma cabana do Colorado — o lugar que não deveria passar do esconderijo de um fugitivo com sua refém.

“Eu estava pensando em como a vida é estranha. Tudo parece ser completamente previsível e então num segundo, no tempo que leva para decidir parar numa lanchonete de beira de estrada e tomar um café, tudo muda.”

Leia gratuitamente as primeiras páginas de Tudo por Amor

Abaixo você pode ler as primeiras páginas de Tudo por Amor de Judith Mcnaught, é só clicar em “Leia agora”.

Aqui também está o link para comprar diretamente na Amazon: https://amzn.to/2Op3FXu

Judith Mcnaught e eu =D

Conheci o trabalho de Judith McNaught por volta dos meus 15 anos de idade, quando ganhei uma de suas obras da minha grande amiga Vivian Limongi e, desde então, ela está em minha lista de escritores favoritos, e em quem também me inspiro para criar meus textos autorais.

O que mais me impressiona em suas narrativas é a profundidade que ela consegue trazer para seus personagens e também a sua habilidade de descrição das cenas. Em “Tudo por Amor”, por exemplo, ao contar detalhadamente o passado dos personagens principais, ela consegue despertar nossa empatia por cada um deles e entender, inclusive, o porquê de suas características pessoais.

E você, o que acha de Judith Mcnaught?

Algumas curiosidades sobre a autora…

Judith McNaught nasceu em 1944. Vive em Houston, cidade norte americana. Seus livros já venderam mais de 30 milhões de exemplares pelo mundo (é livro que não acaba mais! rs), mas antes de consolidar sua carreira como escritora, atuou com comunicação, finanças e foi a primeira mulher a executar o cargo de produtora na rádio CBS. #Orgulho!


Aos escritores de plantão

Lendo, a gente também aprende a escrever, não é mesmo? Se você é escritor, vale a pena ler “Tudo por Amor” com um olhar crítico para:

  • A descrição detalhada dos cenários em que se passa a história;
  • A profundidade desenvolvida nos personagens ao apresentar até mesmo a infância e a juventude dos protagonistas;
  • A possibilidade de defender uma causa, mesmo em histórias de ficção, como a alfabetização de adultos, que explico melhor no tópico abaixo.

Apelo social

Julie Mathison é uma professora do interior do Texas que traz consigo um propósito maravilhoso, alfabetizar mulheres adultas que não tiveram essa oportunidade durante a infância, uma alusão ao programa “Alfabetização. Passe Adiante” que realmente existe nos Estados Unidos. Uma causa defendida e muito bem apresentada pela autora em seu livro, ela deixa até mesmo uma carta aos leitores em defesa desse trabalho social.

 Isso me fez pensar no poder que há nas mãos dos escritores e que muitas vezes esquecemos, o de transformar vidas, apoiar projetos de valor e incitar a reflexão através de nossas histórias. Mais um ponto positivo para esse maravilhoso enredo de Judith.

Então é isso! E me conta, você já leu outros livros dessa talentosa escritora?


Processando…
Seu e-mail foi inscrito com sucesso! Obrigada.

2 respostas para “Tudo por amor, de Judith McNaught, é a resenha de hoje”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s